Arquivos

Archive for the ‘sinais dos tempos’ Category

Quero trazer à memória o que, verdadeiramente, me pode dar esperança

Publicado originalmente em apenas:

esperança1Você está sofrendo? Um dos conselhos mais significativos das Escrituras para lidar com a sua situação encontra-se nas palavras de Jeremias em Lamentações 3.21. Originalmente, na verdade, não se trata de um conselho, mas, sim, de um desabafo: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança”. Esse é um trecho extremamente alentador da Palavra de Deus, escrito pelo profeta em meio à angústia de ver sua pátria e seu povo assolados pela Babilônia. Essa simples frase, que tornou-se muito popular na Igreja brasileira nos últimos anos, aponta um caminho excelente de consolo e paz, que podemos trilhar nas horas de maior tribulação da vida: nos lembrarmos das bênçãos que Deus já nos deu como forma de reunir forças em meio ao sofrimento. Eu gostaria, porém, de propor um olhar diferente sobre esse versículo, que acredito oferecer um refrigério ainda maior do que essa percepção.

Diga-me, por favor, se estou errado: geralmente, quando…

Ver original 857 mais palavras

Categoriassinais dos tempos

Vocalista ateu continua em banda gospel para vender CDs

Fãs da banda “As I Lay Dying”, um grupo de metal cristão, foram surpreendidos com a declaração de Tim Lambesis que se declarou ateu e confessou que mesmo depois de deixar de acreditar em Deus ele continuou fazendo shows como cristão.

Lambesis está preso por ter contratado um matador de aluguel para executar sua ex-esposa, Meggan Murphy Lambesis, mas além de confessar o crime o vocalista ainda fez outras declarações polêmicas ao “Alternative Press”.

Uma dessas declarações se refere ao fato dele não ter deixado a banda ou ter avisado aos fãs sobre sua nova posição religiosa que é o ateísmo. A justificativa dada por Lambesis é que tal afirmação causaria a diminuição da venda de discos da banda. “Nós conversamos sobre a possibilidade de continuar vendendo para os cristãos”, disse ele.

No pensamento da banda os fãs eram “crianças” que viviam em uma “bolha” e que precisavam das músicas para alimentar esse mundo paralelo do cristianismo.

“Tivemos essa ideia ‘nobre’ de pensar: ‘bem, não estamos passando ideias ruins, estamos apenas cantando coisas sobre a vida real. Essas crianças precisam ouvir sobre isso porque vivem em uma bolha”.

Leia mais…

A Obrigação Moral de Ser Inteligente

Publicado originalmente em livre-se.::

A função primária da arte e do pensamento consiste em libertar o indivíduo da tirania da sua cultura e permitir-lhe erguer-se diante dela com autonomia de percepção e de julgamento.

Lionel Trilling – The Moral Obligation to be Inteligent

Student

E apliquei o meu coração a esquadrinhar, e a informar-me com sabedoria de tudo quanto sucede debaixo do céu; esta enfadonha ocupação deu Deus aos filhos dos homens, para nela os exercitar.

Eclesiastes 1,13

Logo que aprendemos a formar as primeiras frases de nossa língua, estamos fazendo perguntas. Desde a infância, a curiosidade e o impulso humano em interagir com os pais, os animais da casa e os objetos que nos cercam levam-nos a buscar o mínimo de entendimento acerca dos corpos externos que se nos apresentam diariamente. A busca pelo conhecimento e pela sabedoria é um dos anseios mais antigos do homem, surgindo quase simultâneo a satisfação das necessidades…

Ver original 624 mais palavras

Categoriassinais dos tempos

Balada Gay Gospel

“Se você produz um deus em sua mente, um deus que te satisfaça em tudo, que te dê carros, casas, te permita não passar por problemas em sua vida, aceite suas práticas pecaminosas em nome do sublime amor, este deus só existe em sua mente, e quando você morrer ele morre contigo, aí sim você se dará conta disso, quando encarar o Deus verdadeiro, mas sem advogado de defesa…” Neilton Domingues

Estando muito tempo sem escrever, tive que voltar para demonstrar minha indignação com esse pragmatismo infernal que tem permeado o povo que carrega uma Bíblia e se autointitula evangélico, não fazendo por onde, nem com conhecimento bíblico ou prática de vida, se alinhar com os princípios expressos no evangelho, do qual emprestam o nome.

Um bando de ignorantes analfabíblicos, pragmatas que pensam que podem ser e pensar, criadores de um deus antibíblico baseado no amor e no amor apenas, esquecendo-se da justiça e ira do Deus verdadeiro, do Deus bíblico.

Hoje fui surpreendido por uma postagem no site da Veja relatando um “esquenta” para a Parada Gay de São Paulo, montada pela igreja cidade refúgio (sim, em minúsculas).

Longe de ser um discurso de ódio religioso, me pergunto qual a lógica disso? Segundo os organizadores, o objetivo é evangelizar? Como? EVANGELIZAR??? LEVAR O EVANGELHO? QUAL EVANGELHO?

O EUvangelho, o EVAgelho, o evangelho do EU, que me coloca sobre todas as coisas, que me alça às alturas de meu próprio ser, me colocando num trono com relatividade horizontal com Deus, pois o verdadeiro Evangelho me coloca numa posição inferior, numa verticalidade descendente em relação ao Altíssimo.

A autoafirmação, a felicidade, a aceitação, a não mudança de atitude ou de comportamento me leva a crer que para este povo o NOVO NASCIMENTO se resume em parar de fumar e beber, que são práticas muito piores que o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo. Onde vai parar isso? Eu sei, você sabem e quem conhece a Bíblia também sabe, mas parece que este Livro entrou em desuso e soa muito démodé para esses dias promíscuos.

Assista o vídeo abaixo, estrelado por Lanna Holder, a pentecostal, uma das herdeiras da Rua Azusa…

Leia mais…

O Evangelho segundo Eu

Publicado originalmente em As pedras clamam:

“Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema” – Gálatas 1.9

Em meu trabalho, descobri que uma colega é evangélica, membro de uma igreja neopentecostal. Em uma conversa cotidiana, perguntei-lhe de qual versão da Bíblia ela gostava, e tive uma grande surpresa: ela frequenta a igreja há 13 anos e disse não ter uma Bíblia.

Eu perguntei: “e na igreja, como você faz?”, e ela respondeu: “na igreja a gente não usa”.

Muito triste isso, porém é a realidade  de muitas igrejas no cenário evangélico nacional. O local até se denomina “igreja”, mas ao entrar as músicas, a forma do culto e principalmente o sermão não se enquadram nas essências, nos valores da tradição cristã.

Incrivelmente, a Bíblia, quando citada, o é em textos isolados e com interpretações pragmáticas seguidas de segundas intenções. O…

Ver original 609 mais palavras

Categoriassinais dos tempos

Deus age na nossa fraqueza

Publicado originalmente em apenas:

Tenta1Há um trecho da oração do Pai-nosso que é extraordinário e enigmático: “Não nos deixes cair em tentação” (Mt 6.13). Já parou para refletir sobre essa petição? O aspecto mais curioso dela é que a Bíblia o tempo inteiro nos insta a nós resistirmos à tentação, a nós nos esforçamos para não pecar. Em outras palavras, a atribuição de interromper o processo que leva a tentação a se tornar pecado é posta sempre nas costas dos seres humanos. A responsabilidade é minha e sua. No entanto, na oração do Senhor uma das atitudes que Jesus nos ensina a tomar é justamente pedir a Deus que aja no sentido de ele criar alguma circunstância que nos impeça de pecar. Isso significa que o Senhor pode agir de maneiras que nem imaginamos com o objetivo de nos dar a força de que necessitamos para não fazermos aquilo que não devemos fazer…

Ver original 753 mais palavras

Categoriassinais dos tempos

Igreja Bola de Neve tenta impedir lançamento e venda de livro: será a tal perseguição religiosa profetizada nas Escrituras?

Publicado originalmente em Uma estrangeira no mundo:

blog79Está vendo a imagem? É a capa do livro do A grande onda vai te pegar: marketing, espetáculo e ciberespaço na Bola de Neve Church, do autor Eduardo Meinberg de Albuquerque Maranhão Filho, publicado pela Fonte Editorial. O lançamento foi no dia 30 de outubro, e hoje, quando tentei comprar o livro pelo site da editora, que estranho! Não havia nenhuma citação sobre o mesmo.

Na verdade é estranho para quem não conhece os fatos. A verdade é que a igreja do Apóstolo (?) Rina resolveu entrar na justiça contra o lançamento e publicação da obra.

Antes de mais nada, precisamos fazer algumas definições.

Primeiro, a obra citada não traz a simples opinião do autor. É um trabalho acadêmico. É baseada na dissertação do autor para a obtenção do mestrado em história pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Para quem não sabe (espero que o apóstolo [?]…

Ver original 1.377 mais palavras

Categoriassinais dos tempos
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 55 outros seguidores