Início > Águas Amargas, Testemunho > Confissões de uma (ex) esposa de pastor

Confissões de uma (ex) esposa de pastor


Ele disse um dia: em primeiro lugar está meu ministério.
Senti-me traída, a mais traída das mulheres. Posso até “competir” com outra mulher, outros lábios, outro corpo, outros abraços, outros beijos e ganhar (ou perder) a batalha. Mas com o “ministério” é demais pra mim. Foi pior que vê-lo na cama com outra.
Claro que se ele dissesse "Deus está em primeiro lugar na minha vida" eu aplaudiria e ficaria feliz, mas ministério não é Deus, e esse é o problema de muitos líderes, que confundem trabalho, atividade, serviço, com relacionamento com Deus. Lastimável!
Aos poucos, ele foi demonstrando essa preferência. Eu não estava mais na sua listinha de prioridades, nem eu, nem os filhos. Somente o ministério importava, por ele daria a vida, era algo quase insano, doentio. “Que adianta ganhar o mundo inteiro e perder a sua família?”

De forma progressiva, suas atitudes foram se tornando agressivas e incoerentes, pois como alguém que viajava pelo mundo falando do amor de Deus não conseguia de fato amar sua própria família? Primeiramente, vieram agressões verbais, depois as físicas, a mim e aos filhos. Nada que questionasse ou desvalidasse seu ministério poderia ser refutado ou contrariado. Ele reagiria com unhas e dentes. A família não importava mais, somente seu belo e frutífero ministério.
E assim segui… fingindo por 18 anos para todos e pra mim mesma que tudo isso era normal, e que para não envergonhar o ministério (dele), eu deveria aceitar calada a situação.
Ah! Mas como Deus me ama… Me ama tanto que foi ele mesmo que disse: “Filha: chega disso!”
Foi então que liberei o tão dedicado pastor e missionário de seu jugo de ter uma família. Agora ele deve estar feliz sozinho “servindo ao Senhor”.
Seguimos eu e meus filhos rumo ao centro da vontade de Deus, que é perfeita e agradável. Um Deus que ama e que não deixa seus filhos sofrerem além do que podem suportar.
Sim, eu fui traída. Sim, ele cometeu adultério. Adulterou com o próprio ministério, em nome de Deus, destruindo a própria família. Eu já o perdoei, mas acho que nunca vou entender…
por motivos óbvios, a identidade da autora do texto será mantida em sigilo.

Fonte: Pavablog

Anúncios
  1. Fico gueiroz
    10/11/2016 às 05:02

    Pastor safado mentiroso não vive o gue
    Prega

  2. tais
    15/03/2013 às 00:46

    me casei e estou separada de um pastor! Ele nao e nada do homem de DEUS q eu tanto sonhei! Nao vive a palavra de DEUS! Foi para outro ministerio sem respeitar minha opiniao, e nao abre mao nem por mim nem pelo nosso filhinho de 5meses! Fiquei super revoltada!

  3. Hildebrando
    27/08/2012 às 21:25

    Eu sou Homem de Deus pra afirmar que existe mesmo muitos Hipócritas na casa de Deus fingindo ser pastor mas no fundo é mercenário pra ‘esses eu envio um recado do próprio Deus que está em MIQUÉIAS 3

    Ameaças contra os chefes e os falsos profetas

    1 E disse eu: Ouvi, peço-vos, ó chefes de Jacó, e vós, ó príncipes da casa de Israel: não é a vós que pertence saber a justiça?

    2 A vós que aborreceis o bem, e amais o mal, que arrancais a pele de cima deles, e a carne de cima dos seus ossos,

    3 os que também comeis a carne do meu povo e lhes arrancais a pele, e lhes esmiuçais os ossos, e os repartis em pedaços como para a panela e como carne dentro do caldeirão.

    4 Então clamarão ao Senhor; ele, porém, não lhes responderá, antes esconderá deles a sua face naquele tempo, conforme eles fizeram mal nas suas obras.

    5 Assim diz o Senhor a respeito dos profetas que fazem errar o meu povo, que clamam: Paz! enquanto têm o que comer, mas preparam a guerra contra aquele que nada lhes mete na boca.
    se é que leem a Bíblia convertam se ao Senhor verdadeiramente porque o juízo começará pela casa do próprio Deus I Pedro 4:17 Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e se começa por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus?

    18 E se o justo dificilmente se salva, onde comparecerá o ímpio pecador?

    19 Portanto os que sofrem segundo a vontade de Deus confiem as suas almas ao fiel Criador, praticando o bem.

    Sejamos a Luz o sal o Dia do Senhor está próximo Arrependei-vos.

  4. Anônimo
    12/10/2011 às 17:40

    Eu também sou esposa de pastor, só na igreja atual estou há onze anos, não sei porque uma coisa que deveria ser benção se torna um peso grande, acredito que o pastorado deveria ser compartilhado e divido com a esposa por vivermos em mundo de corrupções familiar infelizmente o meu marido acredita que o chamado é dele e que a mulher deve estar ao lado simplesmente,até as mensagens de celular que recebe faz questão de apagar principalmente quando é de menias que a todo instante recebe o triste é que tem dificuldades de relacionamento com os filhos, diz ter dificuldades para se expressar já com amigas não tem é palavras bonitas carinhosas, mesmo sendo pelo celular,diz ser mais facil escrever do que falar ,não entendo é dureza,acho o ministerio lindo mas deveria ser compartilhado para não haver problema,

  5. SANDRA
    01/11/2010 às 15:43

    vive17 anos com um crente que se tornou pastor mass pra mim é o ante cristo. Creio que alguém que conhece profundamente a palavra e faze tudo ao contrario e ainda influencia outros não é servo de Deus.Desde os primeiros meses do nosso casamento até a coragem para dar um basta foi recheado de adulterio e gressões.Creio que Deus transforma mas depende do nosso querer e a PALAVRA que devemos nos desviar do mal.Eu não consigo ver nada de bom nesta pessoa ele gasta seu tempo maquinado como fazer o mal. Não sei se isto é comum nos militares já que tb ele é policial militar.Para meu desepero construi uma boa casa no terreno do pai dele e agora ele esta presionamdo o paidele para me tirar de lá com meus filhos.A causa esta na justiça mas não tenho esperança de vencer. Infelismente hoje estou um pouco descrente, pois sei que meu caso não é excesssão no mundo cristão. Já houve momento de eu sentir nojo dos crentes . Ainda tenho alguma resistência mas DEUS tem me sustentado pois nunca tive nehum tipo de apoio dos MEUS IRMÃO em Cristo
    Aprendi que com os amigos só podemos compartilhar as coisas boas e a tribulações só podemos contar com DEUS
    CREIO QUE SE FOR A VONTADE DE DEUS VOU GANHAR ESTA CAUSA POIS NÃO SEI MAIS O QUE FAZER ME SINTO LANÇADA AO ABISMO , NÃO TENHO PARA ONDE IR NEM A QUEM RECORRER.

  6. 20/05/2010 às 19:50

    Nas igrejas de hoje os pastores já não são pastores senão assalariados.É interessante notar que nas Igrejas primitivas seguindo as palavras de Cristo até o fato de divorciar-se e casar-se de novo se considerava adultério. http://www.aigrejaprimitiva.com/dicionario/ADULTERIO.html

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s