Início > Balde de baboseiras, Morte na Panela, Promiscuidade de doutrinas, sinais dos tempos > SÉRIE PREGAÇÕES BIZARRAS: JESUS DEVIA FAVORES AO LADRÃO DA CRUZ

SÉRIE PREGAÇÕES BIZARRAS: JESUS DEVIA FAVORES AO LADRÃO DA CRUZ


AUTOR: CRISTIANO SANTANA

Há mais ou menos 15 anos atrás, ouvi uma pregação de um pastor nacionalmente conhecido, durante uma festividade em minha igreja, que me deixou estarrecido. Nela, esse ilustre orador procurou convencer à audiência disso: Jesus Cristo perdoou o ladrão que foi crucificado ao seu lado porque lhe devia um favor. Isso mesmo: Jesus tinha um espécie de dívida para com esse bom ladrão, cujo nome, segundo a tradição é Dimas; o perdão, portanto, foi concedido a título de pagamento de dívida.

Vou reproduzir a linha de argumentação de nosso pregador e, logo em seguida, pretendo mostrar as incongruências lógicas, linguísticas e, principalmente, teológicas de sua hermenêutica.

"Quando fugiam para o Egito, devido à matança ordenada por Herodes, a família de Jesus foi abordada, no deserto, por ladrões assassinos. Suas vidas foram poupadas por causa da intervenção de de Dimas, o líder do grupo, que embora cruel, não tinha por costume nunca roubar, nem matar, crianças, velhos e mulheres. Dimas demonstrou bondade para com eles e ainda os hospedou.

Mais ou menos trinta anos depois, nos momentos que antecederam à sua crucificação, Dimas procurou saber quem era aquele homem que também sofreria o suplício ao seu lado; então lhe informaram que se tratava de Jesus, que se dizia ser o Cristo. Dimas então lembrou das palavras que ouvira de Maria e José quanto aos motivos de sua fuga para o Egito e das profecias que foram pronunciadas sobre a vida do menino. Concluiu que aquele homem que estava ao seu lado era aquela criança cuja vida ele tinha salvado.

Quando já estavam pendurados na cruz, Dimas disse para Jesus: "Lembra-te de mim quando vieres em teu reino" (Lucas 23:42). Essas palavras tinham a intenção de fazer Jesus lembrar do episódio em que foi salvo por esse ladrão. Em outros termos, Dimas dizia: "Lembras de mim?"."Lembras como eu salvei maravilhosamente a tua vida quando era criança?"

Jesus, então, ao recordar-se da boa ação que Dimas praticou no passado, salvando a sua vida, disse: "Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso" (Lucas 23:43). Em outras palavras, Jesus disse: "você merece entrar no paraíso".

Depois da aplicação da sua hermenêutica insólita, só se ouvia na igreja brados esfuziantes de "aleluias" e "glórias a Deus". O templo literalmente tremeu, mas eu estava paralisado, atônito, tentando entender de onde ele tirou toda essa estória, pois era evidente que ela não se encontrava nas Sagradas Escrituras.

Ao final do culto, verbalizei toda a minha santa revolta aos obreiros de minha igreja, porém o único resultado que consegui foi me tornar alvo de chacotas. Eles diziam que o Sr. Pregador era um homem muito sábio e que era legítimo utilizar fontes extra-bíblicas como subsídios para suas pregações.

Vamos agora à analise desse sermão:

1) Na séculos que sucederam à era apostólica surgiram uma série de livros espúrios que passaram a ser conhecidos como livros apócrifos. O termo "apócrifo" tem um sentido genérico de "livro oculto". Eram livros repletos de histórias fantasiosas, cujas autorias eram atribuídas a apóstolos e outras figuras proeminentes da Igreja, mas que, na verdade, foram escritos por pessoas desconhecidas que tentavam introduzir na Igreja opiniões particulares. Exemplos: Evangelho de Maria Madalena, Evangelho de Tomé, Epístola de Pilatos a Herodes, Assunção de Maria, etc.

Desde cedo a Igreja considerou esses livros como não-inspirados, ou seja, não canônicos, e os excluiu do conjunto de livros que hoje conhecemos como Novo Testamento.

A estória contada pelo pregador é exatamente uma das várias lendas fantasiosas a respeito da infância de Jesus que são narradas nesses livros apócrifos. Há várias lendas sobre Jesus. Uma diz que o menino Jesus brincou com leões famintos em uma caverna. Outra diz que, no calor do deserto, o menino Jesus encurtou uma viagem de trinta dias para um breve dia. Também transformou uma mula em um homem e garotos zombeteiros em cabritos.

Desde a Reforma Protestante a Igreja tem declarado em uníssono que seus dogmas repousam, única e exclusivamente, na autoridade do conjunto de livros canônicos, conhecido como Escrituras Sagradas. Não negamos que os livros apócrifos tenham alguma utilidade. Certamente eles têm informações que ajudam a enriquecer a nossa percepção da atmosfera teológica histórico-cultural da era pós-apostólica. O que não podemos aceitar, porém, é que alguém queira utilizar textos apócrifos para tratar de dogmática. Esse episódio de Lucas 23 contribui em muito para a compreensão da doutrina da salvação, sendo, portanto, temerária uma exegese tendo como pano de fundo um lenda fantasiosa.

Se virar moda a utilização dos livros apócrifos como subsídio de pregações as portas da Igreja ficarão escancaradas para a entrada de heresias. Devemos rejeitar completamente esse artifício exegético.

2) O referido texto também sofre uma terrível violência no aspecto sintático-semântico. Vejamos a declaração do ladrão: "Senhor, lembra-te de mim quando vieres em teu reino". Trata-se de um período composto. A oração principal – "Lembra-te" -  é imperativa e a segunda é substantiva subordinada adverbial, pois é antecedida pelo advérbio de tempo "quando". Considerando as orações, conjuntamente, percebe-se que o ladrão faz um humilde pedido: que o Senhor lembre dele no paraíso, não como alguém que tenha qualidades, mas de alguém que reconhece a sua triste situação de pecador e que clama por misericórdia.

O renomado pregador, porém, deu um caráter interrogativo ao período como se o ladrão estivesse tentando trazer à memória de Jesus fatos do passado envolvendo a ambos. Isso é forçar demais o texto em direção a uma interpretação totalmente tendenciosa.

3) Finalmente, a exposição da passagem, tal como foi feita, induz claramente o ouvinte a pensar que Jesus devia favores ao ladrão. Ora, se o ladrão salvou a sua vida quando era pequeno, era mais do que justo que Jesus, trinta anos depois, retribuísse o benefício ofertando o paraíso ao ladrão.

Segundo nosso pregador, o que houve entre Jesus e o ladrão foi apenas um negócio, um troca, ou como diz o ditado "uma mão lavou a outra".

Isso é um flagrante deturpação da doutrina da salvação pela graça. Se as coisas foram como nosso pregador falou, então o bom ladrão foi o único, em toda a história universal, que conseguiu entrar no céu através de seus próprios méritos.

Certamente o ladrão nos confirmará, na glória eterna, que foi somente por causa da graça de Nosso Senhor Jesus Cristo que ele teve acesso à salvação eterna.

O curioso é que, há mais ou menos um ano, esse pregador esteve em um evento em minha igreja atual, aqui em Santa Cruz, pregando a mesma mensagem.

Fico imaginando quantas vezes ele já contou essa mesma estória Brasil a fora.  Quando ele vai cansar?

Triste é saber que estórias da carochinha, semelhantes a essas, têm sido contadas no púlpitos pentecostais e o povo, que sofre de analfabetismo bíblico, pula, rodopia e dá glória a Deus sem saber que está sendo enganado.

Eles têm os pregadores que merecem.

Fonte: CristiSantana

Anúncios
  1. Renato augusto
    21/01/2017 às 12:33

    Agradeço a Deus por pensadores como vc Deus o abençoe em defesa do verdadeiro evangelho

  2. Denize
    06/08/2016 às 07:25

    Onte um pregador pregou sobre esse assunto na igreja e todos deu glórias aleluia,mas eu fui abrir a bíblia para ver se estava escrito aquilo não me confirme o e fui a trás de resposta foi o que achei agora, o pegador pregou com essas mesmas palavras.as igreja estão deixando de lado a palavra bíblica e estão deixando se enganado por heresias

  3. Eduardo
    17/07/2016 às 22:06

    Eu acredito que não devemos nem pesquisar esses livros quando estamos em um banquete e a mesa está farta de alimentos saborosos de maneira alguma vamos colocar algum alimento estragado dessa mesma forma devemos agir a palavra de Deus é completa, perfeita, linda não precisa de remendos .

  4. 21/06/2015 às 13:31

    deus e fiel

  5. leandro
    16/04/2015 às 10:30

    com a pregação deste homem, muitos pensarão que entrarão no céu por meio de favores feitos ou somente de obras sendo que nós é que devemos ao senhor nossas vidas, a salvação é pela fé, um homem desse no púlpito na hora que falasse está asneira parava ele na hora ,muitos não tem buscado graça. não somos merecedores do que jesus fez e no entanto ele foi misericordioso o que dirá isso Jesus dever favor quando na verdade nos devemos toda a suplica e renuncia acreditar em cristo porque pela fé somos salvos

  6. Anônimo
    04/04/2015 às 19:59

    O que está faltando em nossas igrejas são pessoas que se dediquem a pesquisar as sagradas escrituras e isso tem levado muitos a ouvirem e acreditarem em heresias. Que venhamos meditar na palavra de Deus dia e noite, pois só assim poderemos desmascarar esses falsos pregadores.

  7. 20/03/2015 às 12:18

    acho interessante esta abordagem porque eu também ouvi sobre isso…de teologia biblica…mas nao foi escancarado como esse pregador mencionou…ouvi da seguinte maneira: “Jesus o perdoou segundo o seu arrependimento, através do seu clamor e nao por troca alguma”

  8. Hélio
    13/03/2015 às 19:17

    Um pregador pregou esse mesmo sermão aki em Rio das Ostras. Ele enfatizou que Jesus jamais morreria devendo um “favor” a Dimas. Ele queria dizer que Deus não deve nada a ninguém … Se virar moda pregrar os apócrifos ….. Fique na Paz Cristiano. Shalon Adonay.

  9. rosiane
    24/02/2015 às 21:02

    concordo plenamente com essa explicaçao.se este fato fosse verdade ou tivesse alguma importacia para nos ,por que entao Deus deicharia issto de fora da biblia sagrada.

  10. Anônimo
    30/10/2014 às 22:51

    É verdade, infelizmente ,o povo de Deus esta perdendo ao disernimento do Espirito,,,,,,,,o povo,,pula , rodopeia,,,e, não presta atenção,, naquilo que,é pregado,,, a biblia diz, o meu povo, errar, por falta de conhecimento,,,, não há mas temor,,, reverencia,na hora da palavra,, ,,,,,, a biblia diz,,, que é melhor, ouvir doq, falar,,,, esses pregadores,, tem que

    voltar a se assentar,,pra aprender,,e ,pregar com simpliscidade, a palavra que liberta, e que leva para os ceus,,,,muito bom a sua ,colocação,,,,,,,,,,,,

  11. 08/05/2014 às 10:06

    A paz Cristiano, esta história entre Dimas adulto e a familia de Jesus é relatada no livro O Mártir do Gólgota, volumes de da decada de 50/60 de Perez Ultrich, agora mesmo estava a pesquisar o valor dos volumes (sim, são quatro volumes totalizando aproximadamente 900 páginas, li todos) na internet. Tenho um amigo que pregava o que você expos, a igreja tremia mesmo (quem sabe seja a mesma pessoa?). Nós buscavamos livros históricos religiosos, tanto que tenho alguns de grande valor. Finalizando, gostei da sua abordagem e esclarecimento. Um abraço

  12. Anderson
    18/04/2014 às 07:55

    Parabéns Autor, palavras bem colocadas, não devemos nos calar mediante as heresias que esses, projetos mal acabados de pastor tentam enxertar nas nossas igrejas. Um abraço.
    E para os comentaristas, não sejamos meninos inconstantes, levados por qualquer vento de doutrina, nós seguimos a jesus e o seu evangelho, não seguimos a homens, e muito menos a esses que deturpam a bíblia. Sejamos como os crentes de Beréia!!!

  13. «73n £1Øn»
    20/03/2014 às 13:52

    Dispenso sua oração.

  14. Anônimo
    19/03/2014 às 00:39

    a paz do senhor vc irmao juga muito bem , tem que estudar mais as historias vejo que vc é muito invejoso por não ter uma grande capacidade de pregar com o conhecimento vou orar por vc amém

  15. Joiade Lima
    11/03/2014 às 14:46

    Nobre Cristiano, gostei de seu artigo, mostrou conhecimento e equilíbrio na exposição. Agora me responde. Nos púlpitos pentecostais não há pregador, ensinador e pastor que possuem vaso conhecimento bíblico e que tem um sério compromisso com uma hermenêutica sadia? No meio pentecostal todo mundo sofre de analfabetismo bíblico? E pregador desse tipo (acho que sei qual pregador) representa de fato o pensamento bíblico e doutrinário do povo pentecostal brasileiro? Sim, é verdade que muitas dessas estórias de carochinhas têm sido semeada em alguns púlpitos pentecostais, vindo daí muitas atitudes e manifestações bizarras. Mas atitudes e manifestações bizarras como as tais representam de fato, o comportamento de todo o povo pentecostal brasileiro? E todo o povo pentecostal brasileiro merece de fato pregadores desse tipo? Portanto, assim como o nobre não compactua com essas estórias de carochinhas como as tais, que são contadas em alguns púlpitos pentecostais, também tem muita gente pentecostal que é possuidor de um bom conhecimento bíblico que também repudia tais pregadores e tais estórias como estas. Fica na paz de Cristo.

  16. Cesar Miranda
    15/02/2014 às 15:00

    Jesus disse: “Não vos conformeis com as coisas do Mundo”; ” É lícito que haja escândalo entre os irmãos, mas ai daquele por quem vier”; ” Nem todos aqueles que me dizem Senhor, Senhor tem parte comigo”; “Não juguei para que não sejais jugados”; ” Qualquer que tirar uma palavra ou acrescentar uma palavra da Bíbllia não terá parte no reino dos Céus”.

  17. Anônimo
    26/10/2013 às 16:16

    A

  18. 25/10/2013 às 03:36

    Você tem coragem de atirar a primeira pedra? Os erros dos outros, que me entristecem, me irritam e me fazem sofrer, são erros que eu conheço bem, pois já os cometi. Como atirar a primeira pedra? Como condenar? Com que moral posso julgar alguém que comete erros que já cometi? Quando errei, não queria ser julgado.

  19. Anônimo
    25/10/2013 às 03:33

    Atire a primeira pedra quem não tiver pecado Com que moral posso julgar alguém que comete erros que já cometi? Você tem coragem de atirar a primeira pedra? Os erros dos outros, que me entristecem, me irritam e me fazem sofrer, são erros que eu conheço bem, pois já os cometi. Como atirar a primeira pedra? Como condenar? Com que moral posso julgar alguém que comete erros que já cometi? Quando errei, não queria ser julgado. Como me atreverei a julgar .

  20. cleles lima
    24/08/2013 às 17:49

    é mto bom qdo conhecemos e palavra de Deus na verdade e não a torcendo.hj em dia a mtos pregadores que fazem do púlpito da igreja o que eles querem,a palavra de Deus é viva e eficaz,e…tb diz que ai daquele que torar ou acrescentar um til ou uma virgula.procuro estudar a palavra de Deus como ela é.tenho mto medo de chegar encima de um púlpito e falar coisa que não tem a ver com as sagradas escrituras

  21. 02/08/2013 às 15:03

    Gostei do artigo, até mesmo concordo com vc, Jesus nunca, jamais iria trocar favores com alguém, Ele é Deus e Ponto Final ! Vemos na narrativa das Sagradas escrituras mais um pecador q se rende a Cristo,é simples entender isso. Não temos que nos calar quando ouvimos heresias na igreja, temos que ser igual aos irmão de Bereia, enquanto ouviam Paulo pregando, comprovavam nas escrituras. Agora, é muito triste ver IRMÃOS usando de baixo calão em seus comentários até mesmo ofendendo um ao outro, fazemos parte da igreja de cristo, temos que ter base bílica somente bíblica quando falamos de CRISTO, caso contrário se torna anátema !!!!!
    paz, abraços .

  22. pastor juan santos
    14/05/2013 às 14:21

    È eu fui em uma igreja,e um Dr estava falando o mesmo sobre esse ladrâo
    temos que ter muito discernimento espiritual

  23. «73n £1Øn»
    19/04/2013 às 00:32

    Abílio Santana, o nome da peça rara.

  24. H.S.B.Jr
    18/04/2013 às 20:12

    Quem era esse pregador?

  25. Anônimo
    25/01/2013 às 14:53

    parabéns gostei da explicação

  26. «73n £1Øn»
    03/01/2013 às 10:17

    Voce está equivocado quento ao julgar, meu irmão, tire as viseiras da religião e leia a Palavra.

  27. Pb.Junior
    03/01/2013 às 09:57

    Irmãos,todo ser humano é sujeito inumeras falhas e erros.Por isso a biblia não nos dá o direito de julgar e criticar ninguém.Todos somos totalmente dependente do PAI,do FILHO e do ESPIRITO SANTO.
    Irmão Cristiano,sua intenção pode ter sido boa,mas voce foi guiado pela indignação,pela frustração.Aqui em minha cidade tem um irmão que presbítero,pregava muito bem,cantava muito bem,mas ele começou a ter a mesma visão que a tua.Hoje ele bebe,fuma e se prostitui.Vou te ajudar em oração,peça perdão aos pastores em seu blog.
    Nao existe dois céus.Um grande abraço

  28. Guerra
    30/11/2012 às 11:39

    Este pregador em questão também pregou uma mensagem nos mesmos padrões destas e citou estas informações estras bíblias. No final meu pastor disse q nunca tinha ouvido falar de tais coisas e o AS disse q o enviaria as “fontes”, até hoje nao recebemos nada. E lendo o livreto desta mensagem, afirmar q Maria estava sendo violentada é muita ” viajem” do AS. Amados, estudem, lei a bíblia, e ore, só assim sermos blindadoscontras estas falácias.

  29. eduardo
    15/10/2012 às 16:19

    Paz do Senhor Jesus Cristo!Já tentaram compreender o que está escrito em João-20.30,31;Amados, não perdei vosso tempo, Jesus conhece os seus filhos!

  30. 14/06/2012 às 16:58

    paz, para todos quero dizer para os irmão em cristo Jesus que, este homem e um grande homem de Deus meu Professor de teologia, vcs tem que saber que atras de uma passagem biblica sempre tem uma Historia pena que nem todos procuram pesquisa masi, fazer o que né,, aposto que esta criticado e que nunca saiu do Brasil para pregar então tem grande inveja, lembra que inveja e coisa do tiabo, vigia.. nesta Terra. clçeia mais livros historico da passagens biblica e vc vai identer mais um ouquinho amoe, Deus possa abençõa a vida de cada um de vcs.. amém,, samos uma familia crente..

  31. 11/05/2012 às 18:59

    A graça e paz DO SENHOR JESUS ,Irmãos tudo o que for aumentado na biblia isto sera cobrado no ultimo dia. venho de uma igreja tradicional, nasci eu meus pais ,avos, bisavos,tataravos dentro do evangelho . a alguns anos atraz veio um pastor para a minha igreja tentando colocar no seio da igreja fundamentos não cristãos, esse pastor tinha seis anos de conversão ,nascido em berço não evangelico, cheio de conhecimentos apocrifos. Graças a Deus temos na igreja muitos crentes conhecedor da palavra , então levantamos contra as erizias pregadas e não contra o unjido . alias o pastor (in memorian) jeodival costumava dizer em suas pregaçoes que existem pastores que não são chamados mas assobiados e olha que este foi um grande homem de Deus. Não podemos deixar tais coisas acontecer no seio da igreja de jesus. a salvação e pela graça isso não vem do homem e um dom de Deus AMEM

  32. douglas
    08/05/2012 às 17:02

    bom artigo gostei, esse pr pregador é o Abilio Santana msmo, ele também pregou isso aqui em cidade, Rondonópolis MT achei muito interessante a pregação, mas acredita quem quiser, mas também não é porque não esta na bíblia seje mentira possa até ser mesmo verdade, mas acho que quem forçou foi você porque pelo menos aqui em minha cidade ele deichou claro que o assunto era extra-bíblia e que Jesus não fez barganha com ninguem simplesmente o era mesmo dimas ao lado arrependido acreditando em Jesus como unico salvador. Mas foi de uma grande valia esse artigo abraços fiquem todos com Deus.

  33. «73n £1Øn»
    09/03/2012 às 07:21

    Não estou acreditando que voce acredita nas palhaçadas do Abílio Santana?

  34. jedson
    09/03/2012 às 00:08

    Um pouco de estudo não faz mal a ninguem, aquele que come não aborreça quem não come. sabe as veses fico pensando o que seria de alguem se nao existisse homem que falem a verdade. Eu creio sim que Dimas possa ter feito isso e o que jesus fei não foi barganha nem troca de favores ele fez o que ninguem faz pague o mal com o bem não com mal. Dimas reconheceu jesus quando ele disse para o outro salteador cala que fizemos e merecemos agora esse homem nenhum mal fez ou seja ele conhecia jesus de muito tempo mesmo, ele se arrependeu na cruz repreendeu o outro e ainda falou com jesus lembra de mim e jesus tem boa memoria mesmo lembrou do mal que ia fazer a terra de ninive e não o fez enfim Deus é Deus ele opera até quando o profeta fala sem Deus ter falado e as coisas acontece.
    Deus nos deu altoridade para fazer coisas muitos maiores.

  35. Anônimo
    26/02/2012 às 13:26

    Boa tarde, fico um tanto chocado que tenha coragem para publicar este comentário, porém não tenha tido coragem para se direcionar a uma igreja compromissada com a Palavra.
    Apesar que em Santa Cruz, lamentavelmente uma tal igreja CADESC, tem se intitulado á
    uníca igreja de ministério sólido nesta area, porém pare pra conversar apenas por alguns minutos com qualquer OBREIRO desta gramurosa igreja, você vai ver uma pessoa frustrada,
    decepcionada e murmuradores, todos estão sempre á reclamar do seu guru josé pedro.

  36. Anônimo
    29/09/2011 às 00:39

    eu sei quem é esse pregador, ele é o mairo herege do meu penteco…..paz

  37. Anônimo
    20/05/2011 às 20:34

    vou lhes dizer uma coisa estes pastores que estao hoje se apresentando como sendo pregadores intinerantes eles pregao coisas que nao existem cheios de teologia do seu proprio ventre pelo amor de jesus por isso que esta cheio de crentes desgovernado nao queremos aqui tocar na unçao ministerial mais heresias esta matando pessoas que nao conhece a biblia ainda me vem pessoas dizendo nao toque no ungido do senhor rapaz ungido de DEUS e usado por DEUS nao prega timboquinha pra jaogoloinha da serra o abilio santana ta inchado ele e outros ai que pensao que pregao e imbeleza ministerio agenda cheia bolso cheio e cheio tambem de conversa mole pregando frutos da mente me perdoe se ofendi alguns me perdoe se ofendi alguns puxas do abilio unçao dele respeito mais ele deve honrar sua unçao paz

  38. Anônimo
    07/05/2011 às 11:50

    Paz, moro em Sta cruz tambem e ja ouvi uma pregação a respeito, acho que nós estávamos na mesma igreja!!!!Busquei isso nas escrituras não achei!!!O que DEUS nos orienta e ensina é somente aquilo que esta nas escrituras!!! O resto é anátema!!!!!!

  39. jonatan almeida
    06/02/2011 às 17:46

    concordo que muitas pessoas estão sendo enganadas por mensagens de fontes fantasiosas mas acredito que alguns pregadores pregan sem saber que estão falando o monte de fantasias por não buscar fundamento de suas fontes ou seja saber se elas são canonicas

  40. regisammaral@hotmail.com
    30/01/2011 às 14:48

    o povo perece por falta de conhecimento,muito bom seu artigo só deveria citar o nome do sujeito para q os falsos profetas sejam desmascarados e para q eles vejam q ainda existem cristãos q leem a biblia e examinam as escrituras sagradas .

  41. «73n £1Øn»
    16/07/2010 às 15:00

    São 14:53 em BH e eu tenho que decifrar uma barbaridade dessa. Não vou te responder em respeito a ingenuidade em que escreves. Mas, ungidos somos nós que temos Jesus em nossos corações, o qual é o Sumo Sacerdote eterno. Aprenda as Escrituras meu amigo, não fique apenas nas narrativas dos milagres de Moisés, Daniel, Davi e Golias, Ester e etc… A Palavra de des tem Habacuque, Oséias, Tiago, Timóteo, as Cartas de Paulo e Apocalipse que não trata apenas das bestas, mas da Igreja de Jesus, e Joel não apenas do “derramarei…”.
    Paz e Bem.

    Ten Lion, pastor.

  42. Anônimo
    16/07/2010 às 09:50

    aceitamos suas crítica; más seja maus humilde.com ungido de Deus não se fala tudo que vem na mente, mesmo que as vezes ele falhe.(voçê é perfeito?) atire a primeira pedra1!

  43. Anônimo
    16/07/2010 às 09:47

    aceitamos suas crítica; más seja maus humilde.

  44. «73n £1Øn»
    10/06/2010 às 12:22

    @Andre
    André, a maioria destes “pregadores” de campanha pregam coisas que não tem nada a ver com a o texto lido, ou quando tem, torcem para o lado da grana. O nome deste o autor da matéria não revelou mas pode ter certeza, deve ser um destes propseros pregadores por ai…

  45. ANDRE
    10/06/2010 às 08:56

    parabéns!
    sua indignaçao tem muita pertinência. gostei. isso mostra que ainda tem gente que se preocupa com as coisas valiosas de Deus.
    so fiquei triste porque vc nao quis colocar o nome do orador. deveria ter citado. assim, agente evita de convidar pessoas dessa espécie. por vezes, nos enganamos com os que convidamos.
    um abraço.
    que Deus continue te dando compreensão, a final “o povo dele perece por falta de conhecimento”

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s