Início > sinais dos tempos, Voz do Deserto > Os incomodados que se convertam!

Os incomodados que se convertam!




Pesquei este post no Genizah e ASSINO EMBAIXO E CONCORDO EM GÊNERO, NÚMERO E GRAU. Leia o post e medite no que Hermes quiz dizer:

Há três semanas atrás, o Pr. Silas Malafaia usou seu programa de TV (assista) para ofender os editores de sites cristãos apologéticos (a maioria pertencentes a pastores e líderes) com termos de baixo calão, chamando seus irmãos em cristo de bandidos, desocupados, nêgos enrolados (sic), etc. Na mesma semana o Pr. Marco Feliciano usou o seu portal para xingar os mesmos blogueiros de vagabundos, satanistas e cafajestes (veja).



A fúria de Silas deve-se às críticas a sua campanha das sementes de R$ 1.000. O segundo acusou o golpe da admoestação coletiva da web cristã, função de suas performances teatrais no púlpito. O embate entre os que defendem o retorno ao Evangelho Puro e Simples e os detentores dos meios de comunicação de massa e a sua teologia feita na medida das concupiscências humanas é o tema de Hermes Fernandes.


Resposta aos incomodados com o avanço dos blogs apologéticos / subversivos

Hermes C. Fernandes

Muito tem sido falado acerca do labor dos chamados blogs apologéticos. Alguns os criticam usando passagens bíblicas fora de seu contexto para minar sua reputação e despretigiar seu trabalho. Outros vão para seus programas de TV para chamar os seus editores de bandidos, invejos, prequiçosos e por aí vai…

O que não se percebe é o valor extraordinário do trabalho que tem sido desenvolvido por um verdadeiro exército de apologetas. Eu diria que os blogs apologéticos cumprem um papel análogo ao das epístolas de Paulo, Pedro, João e Judas. O que têm em comum? O árduo combate às heresias destruidoras que adentram sorrateiramente os arraiais cristãos.

Graças às heresias, Paulo e os demais escritores neotestamentários empreenderam um trabalho hercúleo para que os cristãos primitivos se mantivessem firmes da verdade.

Ora combatendo o legalismo judaizante, ora combatendo o gnosticismo, os apóstolos não deram um minuto de trégua aos inimigos da fé, muitos dos quais já haviam se infiltrado na igreja, ocupando lugar de promeminência em seus quadros ministeriais.

Quem se escandaliza quando vê nomes serem citados sem o menor recato, talvez não saiba que Paulo nos oferece o precedente para isso. Nem Pedro foi poupado quando andou arrastando asas para os judaizantes.

Quem promove escândalo não são os blogueiros apologetas e sim os vendilhões do templo, os espertalhões que usam do nome de Deus para fazer comércio e angariar a confiança dos crédulos incautos. Eles que deveriam ser censurados, e não so que defender a fé com unhas e dentes.

Honra-me fazer parte deste exército, cujas fileiras têm aumentado significativamente. Cada novo visitante de nossos blogs se torna um ‘subversivo’ em potencial, como aquelas rapozinhas incendiárias que Sansão soltou no meio da plantação dos Filisteus. Aviso aos incomodados que se mudem, ou melhor, que sejam transformados pela verdade do Evangelho, pois este é um caminho sem volta.

A revolução já está em andamento! E é isso que preocupa quem vive da ignorância das pessoas. Enquanto eles gastam milhões em seus programas de TV, nós apenas usamos nosso espaço virtual, sem qualquer gasto (apenas de tempo, a ponta de nossos dedos e neurônios, rs). O alcance dos blogs é tamanho que até o Bispo Macedo já tem o seu e o Papa insiste em que cada padre publique o seu próprio blog.

Criticar os blogueiros apologéticos na TV só fará aumentar cada vez mais sua influência subversiva. Onde isso vai dar? Quem viver, verá!

Hermes Fernandes é também culpado do que se faz no Genizah

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s