II Pedro 2 Comentado


Líderes apóstatas: devemos reconhecê-los e nos afastar

1 E TAMBÉM houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
Aqui vemos que há falsos doutores hoje no meio da igreja, ensinando heresias, e na prática (mesmo que não de boca) negam a Jesus.

2 E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
Aqui vemos que MUITOS seguem esses falsos mestres, imitam as suas práticas, e com suas práticas erradas blasfemam contra o Evangelho (porque carregam o nome do Evangelho, mas praticam coisas que o envergonham diante dos homens).


3 E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.
E com intenção de beneficio próprio, vão lucrar algo (mesmo que seja fama, vaidade alimentada, e não necessariamente dinheiro, mas esse também) com a ignorância e cegueira do povo.

4 Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo;
Apesar de Deus perdoar pecadores, Ele não perdoa sempre, há várias pessoas que Deus não perdoa. Deus só perdoa quem se arrepende do erro e não vive mais nele.

5 E não perdoou ao mundo antigo, mas guardou a Noé, pregoeiro da justiça, com mais sete pessoas, ao trazer o dilúvio sobre o mundo dos ímpios;
Mas Deus destrói os que vivem no erro conscientemente.

6 E condenou à destruição as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinza, e pondo-as para exemplo aos que vivessem impiamente;
7 E livrou o justo Ló, enfadado da vida dissoluta dos homens abomináveis
8 (Porque este justo, habitando entre eles, afligia todos os dias a sua alma justa, por isso via e ouvia sobre as suas obras injustas);
Deus livrou Ló e não o destruiu com a cidade onde vivia, porque Ló não se conformava com os erros das pessoas, Ló se incomodava profundamente TODOS OS DIAS. Ele não participava da comunhão dos que praticavam coisas erradas, ele era separado. Ele não era cúmplice. Se ele fosse ignorante sobre essas coisas ele não seria culpado, mas ele sabia o que era certo e errado, e uma vez sabendo disso ninguém tem mais desculpas para fazer vista grossa ao erro.

9 Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados;
Mais uma vez vemos que Deus não livra todos do castigo eterno, ele RESERVA os que procedem errado sem arrependimento.

10 Mas principalmente aqueles que segundo a carne andam em concupiscências de imundícia, e desprezam as autoridades; atrevidos, obstinados, não receando blasfemar das dignidades;
11 Enquanto os anjos, sendo maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo blasfemo diante do Senhor.
12 Mas estes, como animais irracionais, que seguem a natureza, feitos para serem presos e mortos, blasfemando do que não entendem, perecerão na sua corrupção,

Aqui temos uma pista, eles blasfemam do que não entendem. Um cristão deve falar do que entende e que aprendeu com a Bíblia, e do que não entende não deve pregar como se entendesse, porque corre o risco de blasfemar (ver v. 10-11). Aqui podemos citar a doutrina neo-pentecostal de batalha espiritual, o falar em línguas estranhas, receber revelação de Deus de forma subjetiva por impressões e coincidências, os "mistérios", etc; ninguém entende essas coisas de forma alguma, e as tentativas de sistematizar um entendimento são vagas e não tem clara base bíblica, muito pelo contrário. Alguns deles acusam os que discordam deles nessas coisas de racionalistas, porém basear pensamentos racionais na Bíblia não é ser racionalista de forma alguma, é ser bíblico. Racionalista seria alguém que gerasse doutrinas de sua imaginação. Mas o modelo bíblico sempre foi renovar a mente com a influência da Palavra, e não abrir mão da verdade absorvida.

13 Recebendo o galardão da injustiça; pois que tais homens têm prazer nos deleites quotidianos; nódoas são eles e máculas, deleitando-se em seus enganos, quando se banqueteiam convosco;
Eles estão no meio da igreja verdadeira, espalhados como se fossem dos nossos, e o prazer deles está nas coisas naturais (mesmo que pareçam espirituais) que geram pra eles glória própria ou prazer no ego ou na carne.

14 Tendo os olhos cheios de adultério, e não cessando de pecar, engodando as almas inconstantes, tendo o coração exercitado na avareza, filhos de maldição;
Eles conduzem pessoas indecisas no engano, tem interesses pessoais envolvidos e seu amor é falso (que é adultério também).
15 Os quais, deixando o caminho direito, erraram seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça;
Eles estavam no caminho certo uma vez. Eles talvez até "aceitaram Jesus", usam a Bíblia e são chamados de crentes. Mas se desviaram do caminho certo. Até certo ponto eles nos acompanham, mas chega uma hora que o Evangelho continua e eles fazem a curva na direção de coisas confusas ou carnais.

16 Mas teve a repreensão da sua transgressão; o mudo jumento, falando com voz humana, impediu a loucura do profeta.
17 Estes são fontes sem água, nuvens levadas pela força do vento, para os quais a escuridão das trevas eternamente se reserva.
Eles não tem nada de valor real para oferecerem, eles não tem verdade bíblica, que é o pão do crente verdadeiro. Seus seguidores morrem de fome e sede. Eles oferecem coisas passageiras e de origem natural mas corrupta (massagem no ego, justificação/desculpas de erros, vaidade espiritual, etc).
18 Porque, falando coisas mui arrogantes de vaidades, engodam com as concupiscências da carne, e com dissoluções, aqueles que se estavam afastando dos que andam em erro,
Mas eles com palavras arrogantes (quando Deus falou com Moisés, Ezequiel, Paulo, todos pensaram de si mesmos como vermes diante de Deus, esses recebem palavras reveladas de Deus como se fossem co-deuses) conseguem convencer, alguns que já estavam de saída por causa da falta de alimento verdadeiro, a ficarem mais, mimando as concupiscências deles (ego, vaidade, cobiça, preguiça, carência de atenção, cargos na igreja). O que atraí seus seguidores não é nenhum tipo de verdade pregada.

19 Prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos servos da corrupção. Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo.
Verdadeiros crentes se consideram escravos da justiça, servos de Deus, e nunca livres de tudo. Esses se sentem até livres da verdadeira Palavra de Deus, já que podem receber instruções Dele através de seus sentimentos, impressões e situações do cotidiano.
20 Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro.
Esses são piores do que incrédulos que nunca foram expostos ao conhecimento da verdade. Esses ouviram a verdade, a receberam mas se desviaram mesmo permanecendo no meio do verdadeiro povo de Deus, e as vezes sendo líderes de grandes grupos evangélicos.

21 Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado;
22 Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama.
Devemos nos afastar totalmente de líderes com essas características. Não podemos colocar nossas vidas em risco pensando que Deus ainda tem um propósito para nós sob a autoridade e influência de um apóstata. Devemos buscar líderes fiéis à Palavra de Deus que possam oferecer real alimento espiritual, e não alimento pra emoções, vaidade, e a carne… essas já tem suficiente alimento na nossa própria natureza caída.

 

Fonte: Cosmovisao

Publicado por

«73n £1Øn»

Um Cristão Inconformado

Um comentário sobre “II Pedro 2 Comentado”

  1. Muito bom essé estudo,,para edificação da igreja!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s