Início > Estudo Bíblico > Mais um capítulo na apostasia do Cristianismo

Mais um capítulo na apostasia do Cristianismo


A apostasia mundial do Cristianismo começou no século 19,quando os teólogos ingleses, Westcott e Hort publicaram o seu Texto Grego do Novo Testamento. A partir desse texto, as edições modernas da Bíblia começaram a correr o mundo, tentando destronar a Bíblia King James, a única a merecer total confiança (no Brasil, a Bíblia FIEL).

Agora, outro teólogo inglês – N.T. Wright – resolve dar um golpe na confiabilidade do Novo Testamento, colocando em dúvida a teologia do apóstolo Paulo, com o documento chamado “Nova Perspectiva Sobre Paulo”, onde ele expõe novas idéias sobre a doutrina da salvação ali ensinada.Este teólogo é mais um herdeiro da apostasia de Westcott e Hort, valendo-se de sua fama e confiabilidade nos meios teológicos,para desacreditar o pensamento do maior teólogo do Cristianismo.É mais um religioso, que se bandeia para as fileiras de Roma, como tantos bispos ingleses têm feito, ao longo dos anos, desde que Lutero proclamou a Reforma Protestante.

A maior arma que Satanás tem para implantar a apostasia mundial dos últimos dias é fazer com que a Palavra de Deus seja desacreditada em algum ponto, pois, sendo perfeita e infalível, no momento em que nela for encontrada uma dúvida, por mínima que seja, sua interpretação deixa de ser infalível e perfeita.Constantino fundou a igreja apóstata, a qual tem sobrevivido por 17 séculos. Ultimamente, muitos teólogos protestantes deixaram de protestar contra os erros de Roma, tornando-se cordeirinhos, lambendo os pés do papa Ratzinger, através da publicação de suas teorias maléficas, respingando lama sobre a teologia do mais confiável de todos os teólogos do Cristianismo.

Eles aderem ao Ecumenismo, que eu chamo “Eucomomesmo”, e com as suas novidades, acabarão devorando a fé dos crentes sinceros confiantes na inerrância da Bíblia.E como o Diabo é astuto, o teólogo inglês – Wright – não nega a interpretação de toda a teologia de Paulo, mas apenas de um ponto, ou seja, o mais importante, que é o da salvação exclusivamente pela graça, sem a necessidade de obras. Trata-se de uma picada de cascavel, a qual, por menor que seja, pode envenenar todo o organismo e provocar a morte do Cristianismo Bíblico, para dar lugar ao Cristianismo apóstata, o qual vai entronizar o falso cristo.Não tenho a capacidade de defender a doutrina soteriológica de Paulo, como o fez o erudito bíblico, Dr. Augustus Nicodemus,que assim se posiciona: "O problema não é Paulo, mas os reformados que o leram com os óculos de Lutero. É preciso olhar Paulo de uma nova perspectiva, que leve em conta as descobertas de Sandes (Judaísmo não era legalista), Stendhal (Paulo era um fariseu sem problemas com a lei), Dunn (obras da lei são apenas marcadores de identidade judaicos). É preciso reler Gálatas e Romanos deste novo ponto de vista e tentar descobrir qual era realmente a polêmica de Paulo com os judeus, judaizantes e fariseus de sua época. Tem que ser outra coisa, mas não este assunto de salvação pela fé sem as obras da lei…"

E como poderia fazê-lo o Professor Hélio de Menezes, pois não sou teóloga. Contudo, em meu coração e com toda a minha alma, continuarei acreditando somente no que tenho acreditado até hoje: que a interpretação do todo o Novo Testamento, inclusive da teologia de Paulo feita por Lutero, há quase quatro séculos, é perfeita e não precisa de retoque.

Que os modernos teólogos do novo Império Romano, de onde,no século 19, saiu o louco Charles Darwin, que tanto prejudicou o Cristianismo com a sua "Teoria da Evolução", e de onde deve sair o Anticristo, continuem minando a confiança na teologia de Paulo,porque a sua parte no inferno está garantida, per omnia secula seculorum.

Mary Schultze, 08/01/2011.

 

fonte: http://www.maryschultze.com/news.php?readmore=407

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s