Início > História > O julgamento de Nelson Mandela

O julgamento de Nelson Mandela


 

« Há apenas um meio de abreviar a agonia assassina da velha sociedade e as dores de parto ensanguentadas da nova sociedade, simplificando-as, concentrando-as, apenas um meio: o terrorismo revolucionário »

Karl Marx

____________________________________________________________________________
O ex-líder do ANC confessou em tribunal a sua opção pela violência:

« The avoidance of civil war had dominated our thinking for many years, but when we decided to adopt violence as part of our policy, we realized that we might one day have to face the prospect of such a war. This had to be taken into account in formulating our plans. We required a plan which was flexible and which permitted us to act in accordance with the needs of the times; above all, the plan had to be one which recognized civil war as the last resort, and left the decision on this question to the future. We did not want to be committed to civil war, but we wanted to be ready if it became inevitable.

Four forms of violence were possible. There is sabotage, there is guerrilla warfare, there is terrorism, and there is open revolution. We chose to adopt the first method and to exhaust it before taking any other decision. »

Nelson Mandela,  Declaração durante o Julgamento de Rivonia, África do Sul, 20 de Abril de 1964.

http://www.rfksafilm.org/html/speeches/mandela.php

«Evitar a guerra civil tinha dominado o nosso pensamento por muitos anos, mas quando decidimos adoptar a violência como parte da nossa política percebemos que um dia teríamos de enfrentar a perspectiva dessa guerra. Isto teve que ser tido em conta na formulação dos nossos planos. Precisávamos de um plano que fosse flexível e nos permitisse agir de acordo com as necessidades do momento, acima de tudo, o plano tinha de ser um que reconhecesse a guerra civil como última opção e deixasse uma decisão sobre essa questão para o futuro. Nós, não queríamos tomar a decisão da guerra civil, mas quisemos estar prontos caso ela se tornasse inevitável.

Quatro formas de violência eram possíveis. Existe a sabotagem, existe a guerrilha, existe o terrorismo e existe a revolução aberta. Optámos por adoptar o primeiro método e esgotá-lo antes de tomar qualquer outra decisão. »

A justificação de Mandela não convenceu o tribunal e percebe-se facilmente porquê. Estando acusado de organizar e recrutar tantos meios de destruição e desordem, não foi boa ideia confessar que via o terrorismo como forma de luta possível (um santo de um homem!), mas preferiu reservá-lo para mais tarde e apostar primeiro numa forma de violência mais branda e simpática, a sabotagem (conta-me histórias…).

Ninguém acreditou que as estratégias terroristas de Mandela fossem apenas parte do tal "plano flexível" para enfrentar uma guerra esperada mas não desejada. Sabotagem, guerrilha, terrorismo e revolução aberta, foram apenas jogos de palavras de uma defesa desesperada. A acusação via os réus como "indivíduos sem escrúpulos em recorrer ao terrorismo e ao massacre com a intenção de criar um estado de caos e anarquia." E pior, para Mandela e seus amiguinhos, a acusação tinha provas. Nomeadamente, do plano de acção "Operação Mayibuye"

Já sobre Mandela ter dito, na mesma declaração, que a sua organização não ambicionava uma guerra civil entre brancos e africanos, mas sim uma África do Sul pacífica e multi-racial, provas da acusação demonstraram o contrário:

Panfleto do ANC, 1963.


LISTEN, WHITE MAN!

Five Whites were murdered in the Transkei, another hacked ot death at Langa…Sabotage erupts every other week throughout the country, not here, not there.  The Whites are turning vicious and panicky…At this rate, within a year or two South Africa will be embroiled in the second, bloodier, more furious, Algerian war.

SABOTAGE AND MURDERS MULTIPLIED LAST YEAR. SABOTAGE AND MURDER WILL NOT CEASE.

YOU now face an indefinitely long future of terror, uncertainity and steadily eroding power.  You will keep a gun at your side, now knowing whom to trust.  Perhaps the street-cleaner is a saboteur, perhaps the man who makes your tea at the office has a gun…You will never be safe and you will never be sure.

YOU WILL HAVE LAUNCHED A WAR YOU CANNOT WIN.


Resultado, o juiz não foi na conversa,

« Eu ouvi muito durante o decorrer deste caso sobre a humilhação da população não-branca. Os acusados (…)  todos eles líderes da população não-branca, disseram-me que estiveram inteiramente motivados pelo desejo de resolver essas humilhações. Não estou, de modo algum, convencido de que os motivos dos acusados foram tão altruístas como eles desejam levar o Tribunal a crer. Pessoas que organizam uma revolução normalmente planeiam tomar o poder, e a ambição pessoal não pode ser excluída como motivo »

Sentencing Statement of Justice Quartus de Wet in the Trial of Nelson Mandela (Rivonia Trial)

Uma coisa é defender os direitos humanos, outra, distinta e incompatível, é querer instaurar um regime comunista. O regime sul-africano da época cometeu muitas injustiças contra a população africana, mas condenar o terrorista Nelson Mandela não foi uma delas.

Mesmo a Amnistia Internacional, que agora tanto o estima, à época não encontrou motivos para conceder a Mandela o estatuto de "prisioneiro de consciência". O recurso à violência foi a razão.

http://speakingtruthtoamnesty.blogspot.pt/2012/01/document-when-amnesty-international.html

Só em 2008, por "vergonha" politicamente correcta, os EUA retiraram este criminoso da sua lista de terroristas.

Nelson Mandela não foi preso por causa das suas crenças e oposição ao apartheid. Foi preso por ser criminoso.

Mas verdade seja dita, entre pretos ou brancos, o ANC não discrimina os alvos da sua violência:
http://www.youtube.com/watch?v=Sf39waktLVQ
http://en.wikipedia.org/wiki/Necklacing

_________________________________________

Feitos do Umkhonto we Sizwe, braço-armado do ANC, quando era liderado na prisão por um tipo que não renunciava à violência, mesmo quando lhe ofereciam a libertação em troca, preferindo aguardar mais uns anos até lhe oferecerem a saída sem condições.



"Church Street Bombing", 20 de Maio de 1983

 

 

Vi aqui
  1. o Ressucitado
    15/12/2013 às 18:49

    Como todo homem è passivel de erros e falhas, a postagem è baseada num falso artigo fora do contexto e ainda muito mais repugnante è o comentário sobre Mandela ter sido um terrorista. Isso só mostra o quanto nós gostamos de julgar pelo que ouvimos e não pelo que vimos ou investigamos, mas vamos la exemplificar o que te quero dizer.

    Entra um homem em tua casa, “Chacina” a tua familia, a tua frente (sim, ate os bebe recem nascidos) os que ficarem vivos destitui-lhes dos seus valores culturais e morais porque ele acha que os “dele” sao melhores e SUPERIORES. Dos que ficarem vivos transforma-os em escravos, as mulheres sao violentadas sexualmente “A TUA FRENTE”, es morto a pancada ou a enforcamento se quiseres “CAGAR” no vaso sanitario deste “homem”, nao tens esperanca de vida, es um produto usavel, sem nenhuma palavra para dizer de como pelo menos te sentes ou melhor nao es nada, porque ate a merda que sai das tuas entranhas è inferior, se defendes os teus filhos, morres, se defendes a tua casa morres.

    Acabei de te contar a Historia dos Sul Africanos (para não te dizer de todos os Africanos) desde os séculos 13 e 14 ate 1994 (Ho este “homem” è o Branco, caucasiano, raça pura e toda essa treta narcisista que o homem branco sabe bem fazer, contando isso è claro que existem excepções).

    Entao eu o humilhado em minha propia casa, um dia cansado de ser “MERDA”, me levanto e decido nao mais aceitar isso, frustado sentindo a dor na pele, comeco a devolver ao homem que entrou em minha casa 0,0000001% da aflicao que ele me fez e faz passar durante seculos e sou rotulado de “TERRORISTA”??? Milhares de Irmaos meus morreram e morrem a minha frente e se eu me levanto contra, sou rotulado de “TERRORISTA”?? Achas que esse julgamento esta certo?? A Africa do Sul so recebeu indepencia do “APARTAID” em 1994, desde os seculos 13 e 14 que esse povo è pisado e morto como animais e chamas aos atos de Mandela antes do seu encarceiramento de “TERRORISMO”?? Dizem isso porque nao sentem, sentiste e alguma vez sentirao o que è ser posto de lado, pisado, morto, estrupado por causa da cor da tua pele e quem faz isso nem sequer um nativo daquela terra è! Bem se nota meu caro que bem la no fundo ainda reina o preconceito na mente de que a “LUZ” è sinonimo de “branco” e “TREVAS” sinonimo de “NEGRO”. Porque em momento algum o escritor deste artigo se perguntou o que levou esse homem a lutar com a propia vida e ser encarceirado (injustamente) durante 27 anos, sim INSJUSTAMENTE (se tiveres duvidas procura confissoes do ex guarda prisional de Mandela e ele veras o que ele diz sobre Mandela e o quanto mudou o seu pensamento racista quanto aos verdadeiros nativos da Africa do Sul e principalmente quanto Mandela, procura saber sobre steve ditko e muitos homens que foram mortos por lutar contra o perconseito racial (que ate agora impera) na Africa do Sul e Zimbabue. Meu caro, sabia que ate agora na Africa do Sul num pais negro num continente negro tem uma vila/ cidade que so tem moradores brancos e nao aceitam negros, nem sequer para trabalhar e ainda dizem e gritam que negros la so de passagem porque o pais è deles (brancos). Isso numa terra DE PESSOAS NEGRAS?? E os Sul africanos têm que engolir isso, que a riqueza

    do pais esta nas maos dos brancos, que seus filhos raramente têm uma perspectiva de futuro (acredito nao ser muito diferente com a cituacao dos negros no Brazil), que nascem rotulados para serem empregados de limpeza, trabalharem em sargetas, viverem em guetos porque os “Negros” sao uma raca inferior.

    Meu caro em maneira nenhuma apoio a divinizacao de Mandela, DE JEITO NENHUM!! Ele foi um homem como todos nòs. Cheio de falhas e insuficiencias mas ele nos superou em acoes. “PERDAO”, com todos os motivos para odiar e comecar uma revolucao (acredita que o povo lhe seguiria de olhos fechados) ele decidiu PERDOAR E LUTAR PARA AMAR, um exemplo que dele deveriamos aprender, decidiu pôr uma pedra no seu passado e escolheu viver um presente diferente. Nao è isso que a salvacao faz conosco?? Um novo comeco?? Aposto que cada um de nòs tem esqueletos no armario que sò mesmo O SALVADOR, O MESSIAS, para nos perdoar e se ele nos perdoou ninguem mais tem o direito de nos acusar, nao è? Entao porque que queremos acusar os outros firmados no passado? tudo porque nao nos metemos na pele de quem estava la. Ja pensaste o que faz um povo oprimido pegar em catanas, facas, martelos e paus e ir a Guerra contra quem tem armas de fogo?? Serà esse povo sanguinario sò por ser, ou eles chegaram ao conhecimento de que na realidade ja estavam mortos e a unica forma de reaver as suas vidas era lutarem por elas. Nao se confunda nesse mundo do conformismo, das facilidades, antes de julgares ou postares algo lembra de ver o outro lado da moeda. ENTAO CONSEGUISTE TE POR NA PELE DE UM NEGRO SUL AFRICANO???

    Um abraco . Na realidade isto è nada mais que um despertamento.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s