Arquivo

Posts Tagged ‘evangelho’

O Juízo Final Vs. o Relativismo

 

Escrito por: Gary North

A doutrina do Juízo Final de Deus testifica contra todas as formas de relativismo. É por isso que o liberalismo secular rejeita esta doutrina cristã. O conservadorismo secular também. A doutrina do Juízo Final de Deus anuncia que certas ideias são eternamente verdadeiras e, portanto, que outras ideias são eternamente falsas. Deus irá impor sanções negativas irreversíveis contra aquelas pessoas que acreditam em determinadas doutrinas teologicamente incorretas, como a negação das seguintes verdades: “Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus”. (Jo 3.36) “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”. (Jo 14.6) A doutrina do Juízo Final faz com que os transgressores do pacto fiquem sem escapatória. Não há saídas. Não haverá acordos judiciais no Dia do Juízo.

O Juízo Final de Deus é o fundamento dos julgamentos temporais dos homens. A habilidade dos homens de julgarem corretamente somente existe porque os homens são criados à imagem de Deus. Os homens podem exercer juízo preliminar porque Deus irá exercer o Juízo Final. Se Deus não irá exercer o Juízo Final então todos os julgamentos humanos não tem fundamento moral ou estético. Tudo que os homens fizessem seria sugado pelo relativismo e impessoalidade cósmica.

Leia mais…

Eu não sou o próximo Lutero!

Esse cara não sou eu!

Por Gutierres Fernandes Siqueira

A história de Lutero é inspiradora. Ainda no início de minha fé tive a oportunidade de ler um livro sobre a história do cristianismo e a vida de Lutero era um dos destaques. Com o tempo tive um envolvimento com a atividade apologética e, na ânsia de consertar o mundo, pensava que seria um reformador como Lutero. Mas, graças a Deus, eu cresci e acordei do instinto revolucionário.

01. Não, eu não serei o próximo reformador do cristianismo. Nem eu e nem você, meu caro leitor. A nossa contribuição é pequena, local e limitada no tempo. Ora, pode ser grande, global e ilimitada? Sim, todavia, o primeiro cenário talvez seja o mais provável.

02. Lutero queria ser ouvido pela hierarquia romana, mas não tinha a intenção de acabar com a Igreja Católica. Ele, na verdade, foi expulso. Lutero sabia apontar o erro sem jogar fora todo o bebê com a água suja (perdoem-me pelo clichê). É certo apontar os problemas da Igreja Evangélica, mas será que muitas vezes não estamos viciados na crítica em si? Será que há somente problemas na Igreja Evangélica? Será que não cometemos o mesmo erro natural da velhice ao ver o passado com um idealismo irreal? Será que somos profetas com a síndrome de Elias, pois achamos que somos as únicas vozes de Deus na terra? A Igreja está doente? Sim, talvez, mas não está morta.

Leia mais…

Glorio-Ossário

Isto é para quem deseja saber o que quero dizer com cada palavra que digo

 

· Igreja (com I maiúsculo) corresponde ao que Jesus e o Novo Testamento definem como Igreja, ou seja: o encontro com Deus e uns com os outros em torno do Nome de Jesus e em acordo de fé com o Evangelho — o que faz de todo Encontro Humano, em fé, um encontro-igreja, onde Jesus promete estar presente mesmo que sejam apenas dois ou três re-unidos em Seu Nome. E só se re-unem em Seu Nome por se saberem a Ele unidos!

· "Igreja" (entre aspas) são as representações histórico-institucionais do fenômeno histórico, social, econômico, político e culturalmente autodefinido como "igreja"— e que tem uma hierarquia (Clero), sigla (Denominação), geografia fixa (Prédio) e membros-sócios! Ou seja: Igreja a gente encontra no caminho. "Igreja" a gente vai ao encontro dela ou a identifica pela Placa ou pela Propaganda.

· Cristianismo é a expressão histórica da Religião que confessa Jesus como Filho de Deus, mas cujo processo de institucionalização trabalha com mais freqüência contra os Interesses do Reino de Deus que no sentido indicado pelo Evangelho.

· Catolicismo é um derivado do Cristianismo que se vê como o "Reino Estatal de Deus na Terra"—tudo entre aspas.

· Protestantismo é o movimento histórico-cristão que quase conseguiu… mas perdeu o pró-testo, que é sempre algo pró-teste. Assim, virou apenas uma Re-Forma! Só há pró-testo se o caminho for sempre pró-teste, em fé e tangido pelo Vento do Espírito, conforme a Palavra!

· Evangélico é o ente que crê no Evangelho e que crê na salvação em Jesus, conforme a Graça revelada em Cristo. Por exemplo, o apóstolo Paulo era um genuíno Evangélico!

Leia mais…

Eu não sei porque você esta aplaudindo, eu estou falando de Você!

 

Meu coração não se perturba com relação a sua autoestima; meu coração não se perturba se você se sente ou não bem como eu; meu coração não se perturba se sua vida está andando conforme seus planos; meu coração não se perturba se sua conta bancária está indo bem.

Só há uma coisa que me deu uma noite de insônia, só há uma coisa que me perturba por toda a manhã e esta é que: Dentro de cem a grande maioria das pessoas dentro deste prédio possivelmente estará no inferno e muitos que até mesmo professam Jesus Cristo como Senhor vão passar uma eternidade no inferno.

Muitas das coisas que você ama fazer Deus odeia, você sabia disso? Você ora por avivamento, você vai a uma reunião de jovens e você quer que Deus mova, mas antes de ir você assiste programas na TV que Deus absolutamente abomina e você ainda se pergunta por que o Espírito Santo não se move, e porque você tem que criar falso fogo, falsa empolgação, pois Deus não está lá! Deus é um Deus santo e a única forma que você e eu podemos ser reconciliados com um santo Deus é através da morte do Filho unigênito de Deus, quando Ele foi pendurado naquele madeiro.

Por que você precisa entender que a Bíblia diz que todos pecaram e foram destituídos da glória de Deus e você não tem idéia do que isso significa, que nós fomos concebidos radicalmente depravados e inimigos de Deus, e que nós nunca buscaríamos a Deus nem nos achegaríamos a Ele. Nós nos rebelamos contra Deus, quebramos todas as leis, não é só o problema de você ter pecado uma vez, o problema é que você nunca fez nada além de pecar.

Leia mais…

Frases de Paul Washer em sua primeira mensagem na Conferência da Editora Fiel

 

Por Renato Vargens

Segue abaixo algumas das frases faladas por Paul Washer hoje a tarde em sua primeira palestra da Conferência da Editora Fiel:

"Você é realmente um cristão ou apenas faz parte do circo chamado igreja evangélica moderna?"

"O pastores carnais que usam meios carnais para trazer homens carnais pra suas igrejas, continuarão a usar meios carnais para manter estes homens carnais em sua igreja carnal."

"Jesus não é o suficiente a ponto de você ao pregar ter que complementar a Cristo com coisas mundanas?"

‎"É preferível ficar no inferno com Cristo do que prosperar no Céu sem ele".

‎"Jesus Cristo não é a "cereja do bolo"… Ele é tudo ou nada"

Leia mais…

Laughing With (Rindo com) – Regina Spektor

Rindo Com

Regina Spektor

Ninguém ri de Deus em um hospital

Ninguém ri de Deus em uma guerra

Ninguém está rindo de Deus quando está morrendo de fome, congelando ou muito pobre.

Ninguém ri de Deus quando o médico liga depois de alguns exames rotineiros

Ninguém está rindo de Deus, quando já é muito tarde

E é a sua criança que não voltou da festa ainda

Ninguém ri de Deus quando o avião começa a tremer incontrolavelmente

Ninguém ri de Deus quando vêem que a pessoa que eles amam

Está lado a lado com outra pessoa e eles esperam estar enganados

Ninguém ri de Deus quando a polícia bate à sua porta

E eles dizem: tenho más notícias, senhor.

Leia mais…

Predestinação Dupla? – R. C. Sproul

Em qualquer ocasião em que surge o assunto de predestinação ou eleição, a pergunta se segue depressa:"É predestinação una ou dupla?" .

A questão mais profunda é como a reprobação ("o decreto da providência referente à condenação dos maus às penas eternas") está relacionada com a eleição. Reprobação é o lado leviano de eleição, o lado escuro do assunto que levanta muitas preocupações. E é a doutrina da reprobação que tem feito aparecer o rótulo de "decreto horrível". Uma coisa é falar na graciosa predestinação à eleição de Deus, mas outra é falar no decreto de Deus, desde toda a eternidade, de que certas pessoas desafortunadas estão destinadas à condenação às penas eternas.

Alguns defensores de predestinação argumentam a favor de uma predestinação única. Mantêm que, embora alguns sejam predestinados à eleição, ninguém é predestinado à condenação ou reprovação. Deus escolhe alguns que definitivamente salvará, mas deixa aberta a oportunidade de salvação para o restante. Deus se certifica de que alguns indivíduos são salvos providenciando para eles ajuda especial, mas o restante da humanidade ainda tem uma oportunidade de ser salva. Eles podem, de algum modo, tornar-se eleitos respondendo positivamente ao evangelho.

Leia mais…