Eu não sou o próximo Lutero!

Esse cara não sou eu!

Por Gutierres Fernandes Siqueira

A história de Lutero é inspiradora. Ainda no início de minha fé tive a oportunidade de ler um livro sobre a história do cristianismo e a vida de Lutero era um dos destaques. Com o tempo tive um envolvimento com a atividade apologética e, na ânsia de consertar o mundo, pensava que seria um reformador como Lutero. Mas, graças a Deus, eu cresci e acordei do instinto revolucionário.

01. Não, eu não serei o próximo reformador do cristianismo. Nem eu e nem você, meu caro leitor. A nossa contribuição é pequena, local e limitada no tempo. Ora, pode ser grande, global e ilimitada? Sim, todavia, o primeiro cenário talvez seja o mais provável.

02. Lutero queria ser ouvido pela hierarquia romana, mas não tinha a intenção de acabar com a Igreja Católica. Ele, na verdade, foi expulso. Lutero sabia apontar o erro sem jogar fora todo o bebê com a água suja (perdoem-me pelo clichê). É certo apontar os problemas da Igreja Evangélica, mas será que muitas vezes não estamos viciados na crítica em si? Será que há somente problemas na Igreja Evangélica? Será que não cometemos o mesmo erro natural da velhice ao ver o passado com um idealismo irreal? Será que somos profetas com a síndrome de Elias, pois achamos que somos as únicas vozes de Deus na terra? A Igreja está doente? Sim, talvez, mas não está morta.

Continuar lendo Eu não sou o próximo Lutero!

Feliz Dia da Reforma Protestante – comemorando à moda de Lutero

By Estrangeira

Protestantes afixam as teses na IURD do Brás

Ontem à noite, enquanto escrevia um artigo sobre o dia 31 de outubro, veio-me uma vontade irresistível de sair pelas ruas de São Paulo afixando teses de conclamação à volta ao Evangelho puro e simples de Jesus. Mas, como fazer isso?

De improviso mesmo. Ligamos para algumas pessoas, e conseguimos a adesão do Josef. Então ele imprimiu a Declaração de Cambridge (que versa sobre as cinco solas: Sola Scriptura, Sola Fide, Solus Christus, Soli Deo Gloria e Sola Gratia) e, por volta da 1:00h da madrugada, saímos ele, o Paulo Siqueira e eu em direção à Moóca e ao Brás, onde se localizam as sedes de alguns ministérios que precisam se voltar ao Evangelho puro e simples.

Continuar lendo Feliz Dia da Reforma Protestante – comemorando à moda de Lutero