Arquivo

Posts Tagged ‘Marcos Pereira’

Entrevista de Marcos Pereira na cadeia, por Roberto Cabrini

Assista o vídeo da entrevista concedida a Roberto Cabrini, do Conexão Repórter, produzida pelo SBT.

Marcos Pereira, me recuso a chamar de pastor um homem dessa estirpe, não só apenas pelas acusações que ele enfrenta, mas também por suas mensagens pregadas que nada tema ver com a Palavra; aliás a mesma que ele usa para se “defender” quando interpelado pelo Cabrini, aliás esse, como sempre, incisivo e imparcial, como sempre.

Líder da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, ele afirma que “a cadeia não tem como” prendê-lo, que “me sinto privilegiado, porque homens como eu foram presos, evangélicos. Tem sido um privilégio estar aqui porque eu sinto as marcas de Cristo. Ele disse que nós seríamos perseguidos”. Só que há uma diferença muito grande em ser preso por pregar a Cristo e ser preso por ser estuprador…

Quanto ao seu contato com outros bandidos, Pereira tem dito que “Tem pregado pra eles, e graças a Deus, tem sido muito bom. Inclusive chegou uma leva de uns oito novos que já me conheciam das ruas”… e agora o conhecem na cadeia.

“Não me sinto preso. Me sinto um homem que está fazendo a vontade de Deus. Se fui conduzido para um presídio, vou continuar fazendo o mesmo trabalho que faço”, disse. Será que vai continuar estuprando na cadeia?

“A cadeia não tem como me segurar. Na hora que a trombeta tocar, o céu se abrir no Oriente e no Ocidente e o homem de branco descer, eu vou desaparecer”, afirmou, com um completo desconhecimento escatológico sério.

Assista o vídeo da entrevista concedida a Roberto Cabrini, do Conexão Repórter, produzida pelo SBT.

Leia mais…

Anúncios

A pregação do medo

O pastor Marcos Pereira, preso suspeito de cometer uma série de crimes, é acusado de ser mandante de um assassinato e testemunhas se dizem coagidas por seus seguidores

Michel Alecrim

chamada.jpg

Preso desde maio em uma cela isolada do presídio de Bangu 9, no subúrbio do Rio de Janeiro, o pastor Marcos Pereira, 56 anos, continua falando para multidões. Com sua pregação exaltada, segue angariando convertidos na cadeia. Ergue as mãos para fora das grades e, em voz alta, comanda a reza, que é acompanhada por detentos em celas próximas. Pereira não usufrui do banho de sol junto dos outros presos porque se recusa a tirar a camisa, alegando motivos religiosos. Está mais magro e perdeu um dos dentes da frente. “Ele vai ser absolvido. Ofereceram dinheiro para as supostas vítimas”, diz Luiz Carlos da Silva Neto, advogado do pastor.

 

O pastor Marcos Pereira, fundador e líder da Assembleia de Deus dos Últimos Dias (Adud), é acusado de uma série de crimes, como associação ao tráfico e lavagem de dinheiro. Suspeito de ter praticado mais de 20 estupros contra mulheres, foi denunciado à polícia por oito delas, mas apenas dois dos casos viraram processos. Quatro prescreveram e outros dois ainda estão sendo investigados. Agora, surge uma nova acusação: uma testemunha disse à polícia que viu o assassinato da fiel Adelaide Nogueira dos Santos, 25 anos, em 2006, na Baixada Fluminense, e aponta Pereira como mandante. Adelaide foi estrangulada porque estaria preparando um dossiê contra o pastor. A testemunha acaba de pedir proteção policial. Ela reconheceu às autoridades que na época evitou apontá-lo como responsável por medo. Mas agora decidiu contar tudo o que sabe e responsabiliza Pereira pelo crime. Segundo a testemunha, que pede anonimato, “Adelaide citou orgias” e disse que Pereira “recebia de traficantes para fazer cultos”. A mãe da vítima, Amélia Pinheiro Batista, 65 anos, confirma as acusações e contou que foi vigiada por seguidores da igreja. Ela desconfia de um homem que bateu em sua porta pedindo comida, “mas esticou o pescoço” para olhar dentro de casa. “Era uma ameaça, tenho certeza.”

Leia mais…

Convocação e choro de Caio Fabio. Um pedido aos pastores do Brasil

Um choro e pedido comovido de Caio Fábio aos pastores sérios do Brasil. Assista. Vale muito a pena.

 

Áudio das escutas da Polícia com conversa do Pastor Marcos Pereira

Rafael Soares

Em escutas autorizadas pela Justiça que já estão sendo investigadas pela polícia, o pastor Marcos Pereira é flagrado em conversas picantes com fiéis da Assembleia de Deus dos Últimos Dias.

Em uma das quatro conversas a que o EXTRA teve acesso com exclusividade, o pastor, antes de se despedir de uma fiel que falava com ele do seu celular de seu carro, avisa: "Tô com saudade do seu rabo". Marcos foi preso no último dia 8 acusado de dois estupros de fiéis. A polícia ainda investiga se o pastor estuprou outras 20 mulheres que moravam na igreja.

Em quatro conversas obtidas pelo EXTRA, pastor mostra intimidade com fiéis

Em outro diálogo, uma mulher insinua que "o pastor ia gostar" de uma lingerie que ela usou: "Ontem coloquei um negócio muito legal que o senhor ia amar, eu acho", ela diz. Marcos ri e avisa: "Fica ligada, fica ligada". A mulher tranquiliza o pastor: "Mas era por baixo". Em depoimentos à polícia, vítimas do pastor afirmaram que ele mandava que fiéis fossem a seu gabinete na igreja sem roupas íntimas.

E ainda tem gente defendendo o safado. Só crente e otário que crê na inocência dele.

 

Fonte: Extra

Pastor Marcos Pereira é preso no Rio suspeito de estuprar seis fiéis da sua igreja

As investigações apontam que ele violentou uma delas durante oito anos, quando a vítima tinha 14 anos. O pastor não quis falar sobre as acusações.

 

Na terça-feira (7) à noite, no Rio de Janeiro, um pastor foi preso suspeito de estuprar seis mulheres. As investigações da polícia apontam que Marcos Pereira da Silva, da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, violentou uma delas durante oito anos e quando a vítima ainda tinha 14 anos de idade.

Imagens do momento da abordagem foram cedidas pela polícia. Marcos Pereira da Silva foi indiciado por estupro e levado para a Delegacia de Combate às Drogas.

Segundo a polícia, seis vítimas prestaram depoimentos, todas fiéis da igreja de Marcos Pereira da Silva, a Assembleia de Deus dos Últimos Dias. Entre elas, a ex-mulher do pastor.

De acordo com informações obtidas nos depoimentos, o delegado responsável pelo caso disse que um apartamento do pastor, na orla de Copacabana, avaliado em R$ 8 milhões, seria o cenário de orgias e violências sexuais. Uma das vítimas contou que sofreu estupros dos 14 aos 22 anos de idade.

Um grupo de pessoas ligadas à igreja de Marcos Pereira da Silva foi até a delegacia. O pastor não quis falar sobre as acusações. “Eu vou saber ainda, não sei quais as acusações, estou aguardando para ver ainda. Não tenho ideia do que pode ser”.

O pastor Marcos Pereira da Silva ficou conhecido por fazer cultos em presídios, ajudar na reabilitação de dependentes químicos e resgatar criminosos que seriam mortos por traficantes. Em 2004, ele negociou com detentos o fim de uma rebelião na Casa de Custódia, na Zona Norte do Rio.

Com conteúdo da Globo.com

O Vídeo da prisão, com conteúdo da Globo.com

Leia mais…

Reinações no Reino do Marcos Pereira – ADUD

Reportagem do Conexão Repórter, do SBT, mostrando a verdade sobre o Pastor Marcos Pereira, pastor da Assembléia de Deus dos Últimos Dias, acusado de ameaças de morte, estupro, espancamento de crianças, foras  AS HERESIAS PREGADAS POR ELE.

São Três partes:

Leia mais…

José Junior, líder do AfroReggae, acusa o pastor Marcos Pereira de mandar matá-lo: “Ele é um psicopata”

O coordenador do Afro Reggae, José Junior, acusou o pastor Marcos Pereira de querer matá-lo, por achar que seu trabalho social é concorrente das ações religiosas feitas por ele com traficantes.

Para Junior, o pastor “talvez seja a maior mente criminosa do Rio de Janeiro”. José Junior também acusa o pastor de orientar os detentos a fazerem rebeliões e exigirem sua presença nos presídios.

Na entrevista concedida ao jornal Extra, do Rio de Janeiro, o ativista social afirma que “o pastor Marcos Pereira é um psicopata. Ele é um cara do mal” e diz que “se aparecer, algum dia, arma dentro do AfroReggae, foi ordem ele. Se aparecer cocaína, foi ele quem mandou colocar, para desmoralizar”.

Leia mais…